Seres Míticos

[Seres Míticos][bleft]

Lendas

[Lendas][bsummary]

Personagens Ocultistas

[Personagens Ocultistas][twocolumns]

Ningen

Criptozoologia é o estudo de espécies animais lendárias, mitológicas, hipotéticas ou avistadas por poucas pessoas. Inclui também o estudo de ocorrências de animais presumivelmente extintos. A criptozoologia aborda ainda os seus tópicos de um ponto de vista antropológico, procurando relacionar os mitos de várias culturas com animais extintos ou desconhecidos. O termo foi cunhado sobre as expressões cripto- (do grego kryptós, é, ón 'oculto') e zoologia (o ramo da Ciência que estuda os animais).


Os biólogos e zoólogos que seguem uma perspectiva mais tradicional, consideram a criptozoologia como uma pseudociência, fazendo um paralelo com a astrologia em relação à astronomia.
Apesar de alguns ramos da criptozoologia desafiarem a lógica científica, há exemplos que mostram que este ramo da biologia pode ter mais credibilidade do que à partida seria de esperar. Os criptozoólogos citam com frequência exemplos como a lula-gigante, o celacanto, o ornitorrinco e o dragão-de-komodo, todos animais reais e estudados que foram em tempos considerados fantasias alucinadas.



O Ningen (Do japonês "ニンゲン", "humano"), é uma criatura criptozoológica que teria sido vista nos mares gelados próximos da Antártida.


1. Descrição


O Ningen é descrito como uma criatura com aparência humana, medindo aproximadamente 20 a 30 metros de comprimento. Alguns rumores dizem que ele se parece com um humano normal, com pernas e braços, mas algumas outras descrições o apontam como tendo nadadeiras e até uma cauda, parecida com uma sereia. Sua pele seria toda branca, fazendo-o se misturar no ambiente ártico, com geleiras e icebergs, e em seu rosto apenas seus olhos e boca seriam visíveis.




2. Avistamentos


Originalmente, acredita-se que um grupo de pesquisadores japoneses que navegavam no mar gelado em busca de baleias, teria avistado uma "coisa" navegando ao longe. Julgando se tratar de um submarino estrangeiro os pesquisadores se aproximaram devagar, e só quando estavam perto o bastante foram perceber que não se tratava de um submarino ou qualquer outra máquina feita pelo homem, mas que aquilo era, na verdade, uma criatura viva.


Teoricamente, este seria o único relato de pessoas que se depararam com o Ningen, não existe nenhum outro relato. Mas, é possível encontrar alguns rumores sobre porque a criatura não foi mais avistada; seria pelo fato de ela aparecer mais de noite, sendo difícil fotografá-la e visualizá-la direito.




3. Opiniões


A maioria das opiniões sobre o Ningen são céticas, especialmente por causa da origem da lenda dessa criatura: Segundo dizem, tudo teria começado com uma postagem no site 2channel, em 2007, onde uma pessoa contava a história segundo um amigo/parente que trabalhava como pesquisador no mar. O post acabou se tornando tão popular que em questão de horas já estava circulando o mundo, o que teria criado a veracidade do relato. Há também o fato de que não existem fotos do Ningen, apenas montagens.
As únicas "provas" da existência do Ningen seria um screenshot feito no site Google Maps*, que mostra uma criatura branca no meio do mar, próximo à costa da Namíbia, e dois vídeos que mostra o ser sob a água, junto de alguns peixes. No entanto, é tudo considerado duvidoso.


Os mais crédulos acham que o governo tem relatos e imagens do Ningen, mas são mantidos em segredo porque aquilo poderia acabar com o grupo de pesquisas (!), dizem ainda que o governo instruiu às testemunhas para que nunca relatassem aos outros sobre o que viram.








Nenhum comentário: