Seres Míticos

[Seres Míticos][bleft]

Lendas

[Lendas][bsummary]

Personagens Ocultistas

[Personagens Ocultistas][twocolumns]

Frango sem Cabeça





“Segundo o Guinness, “o livro dos recordes”, um frango chamado Mike conseguiu permanecer vivo 18 meses sem cabeça! Essa proeza aconteceu na década de 1940, nos Estados Unidos, numa pequena cidade do Colorado, Fruita. No dia 10 de setembro de 1945, Lloyd Olsen decidiu fazer um ensopado para a sogra. Como ela adorava comer pescoço de frango, Olsen mirou a faca na base da cabeça de Mike, para sobrar bastante pescoço. Acontece que, após ser decapitado, o galináceo não caiu morto! Ele simplesmente saiu correndo, completamente desorientado… É que uma parte importante do seu sistema nervoso não fora afetada pelo corte, permitindo a Mike continuar vivendo. Embora não enxergasse mais nada, nem pudesse cacarejar, ele ainda escutava, pois um ouvido tinha sido preservado. Quando Olsen percebeu o “milagre”, decidiu passar a cuidar de Mike. Examinado por uma equipe de cientistas da Universidade de Utah, em Salt Lake City, o frango duro de matar virou atração nacional e saiu até nas páginas das revistas Time e Life. É claro que Olsen aproveitou a celebridade do penoso para faturar um, pois as pessoas formavam filas e pagavam para ver a bizarra atração. O show, porém, durou apenas 18 meses. A vida de Mike chegou ao fim de maneira tão estranha quanto sua repentina celebridade: ele sofreu um engasgo e morreu sufocado durante uma de suas várias viagens pelos Estados Unidos como pop star. Se você quer saber ainda mais sobre essa história maluca, é só “visitar” o Mike na internet! É , ele tem até um site oficial, onde tem informações e mais fotos de Mike:


www.miketheheadlesschicken.org.


Existe um vídeo que é uma espécie de documentário sobre esse frango, infelizmente ele está completamente em inglês. Mas caso queira ver:


Um comentário:

  1. Minha amiga seu blog ta fascinante mesmo adoro esses tipos de histórias vou recomendar seu blog para alguns amigos ta bjosss

    ResponderExcluir