Seres Míticos

[Seres Míticos][bleft]

Lendas

[Lendas][bsummary]

Personagens Ocultistas

[Personagens Ocultistas][twocolumns]

Deuses ou Ets?




Interessante: As linhas de Nazca só podem ser vistas do alto. Quem ou o que desenhou as enigmáticas figuras? Os desenhos encontrados foram de: Macaco, Aranha, Cavalo, Pássaro, Figuras Humanóides, Lagartos e objetos estranhos.
Alguns destes enigmáticos desenhos chegam a atingir 180 m de extensão por 15 cm de largura. Afinal, qual seria a verdadeira utilidade de um desenho tão extenso que só poderia ser visto do alto?


Linhas de Nazca: Figura em forma de aranha.


Os desenhos são antiguíssimos, não existia tecnologia para serem vistos do alto, ou existia? Queriam identificar um local para seres vindo do espaço, como nos atuais aeroportos com suas demarcações para pouso nas pistas?


  


Outras figuras gigantescas que só podem ser vistas do alto foram encontradas em outros países.
O Cavalo Branco de Uffington tem 114 m de comprimento e 34 m de altura. A maior figura humana também foi desenhada no chão. Tem cerca de 70m de altura. Pesquisadores não sabem realmente o que representam.

Cavalo Branco de Uffington



O Hominídeo da figura acima, parece estar entrando em algum lugar, talvez esteja identificando um local especial. (Longilíneo Homem de Wilmington, na Inglaterra)
Vários círculos enigmáticos foram encontrados em vários campos de trigo em diferentes épocas.




Muitas fotos de círculos recentes foram falsificadas por computação gráfica. Mas existem relatos de uma época em que não existia computadores ainda, e relatos de muitas pessoas que viram os círculos em meio as suas plantações, provando a autenticidade das mesmas.
O que significam ainda é um mistério para a raça humana. Muitos estudiosos acreditam que exista milhões de planetas habitados, como o matemático, astro-físico e Doutor em cosmologia, Steven Hawking.
Talvez estes seres estejam tentando comunicar-se conosco, como nos casos dos círculos ingleses, mas com certeza suas culturas são totalmente diferentes das nossas, ficando praticamente impossível decifrar os estranhos desenhos.
A tentativa do homem em se comunicar com seres extraterrestres é imensa, talvez eles também estejam tentando se comunicar conosco. A nossa língua pode ser apenas um ruído de difícil compreensão para os seres extraterrestres, os nossos desenhos e manuscritos indecifráveis.
As figuras de Nazca podem ter uma explicação lógica, pois tudo indica que alguém que esteve no planeta terra, tentou se comunicar ou identificou um local para alguém ou algo vindo do alto ou do espaço.
Uma grande prova de que somos visitados por seres de outros planetas e até temos contato em algumas visitas desde tempos remotos, é o mapa do Almirante Turco Piri Reis (1470 – 1554)
Mapa do Almirante Piri Reis:
No mapa, podemos encontrar com perfeição as Américas e o Oeste da África, lembrando que somente alguns anos atrás, poderíamos produzir um mapa parecido com o do Almirante Piri Reis com tamanha precisão. Como que quase 500 anos atrás, o Almirante Piri Reis teria um mapa tão detalhado das Américas e do Oeste da África com tanta precisão? Teria ele viajado em alguma espécie de aeronave e visto a terra de cima? Teria algum ser extraterrestre feito o mapa? Não tem outra explicação a não ser estas, sendo que em sua época “500 anos atrás”, só existia navios, carroças e nenhuma tecnologia para produzir mapas tão precisos.


Mapa do Almirante Piri Reis (1470 – 1554)

Palenque: Em uma tumba secreta no México, foi encontrada uma figura representando um ser vindo do espaço. Dá para notar claramente o ser sentado em uma espécie de banco com um imenso maquinário ao seu redor, como um astronauta dentro de um foguete.
Veja a figura de Palenque encontrada no México e compare com as fotos recentes de astronautas:


Foto original à direita com desenho ao lado para melhor visualização.

Fotos de Astronautas em atividades.

A pedra encontrada no México tem o comprimento de 3,80 m e largura de 2,20 m, pesando cerca de 6 toneladas. Foi encontrada em uma tumba secreta de um homem de 1.70 m de altura. O interessante, é que os Maias não excediam os 1,54 m de altura. Teria sido então esse homem encontrado na tumba vindo do espaço como retrata a figura?
Esta tumba tinha o formato de um peixe, algo que se refere a um sinal sagrado dos iniciadores vindos do além, ou seria do espaço?
Veja mais fotos de possíveis astronautas da antiguidade com seus estranhos equipamentos e trajes, abaixo:








O Pesquisador Erich Von Daniken, afirma a visita de extraterrestres em um passado remoto. Para Daniken, não existe outra explicação, a não ser esta.
Daniken ainda levanta a hipótese de sermos descendentes de seres extraterrestres, que por algum motivo, nos visitam desde tempos imemoriais.
Foi encontrado no Brasil por uma expedição com cerca de 20 homens (entre eles alguns índios) mais precisamente na Bahia no século XVII, uma cidade perdida no meio da selva. A cidade tinha imensos blocos de pedras com estranhas inscrições e figuras semelhantes com as que estão acima. Depois de vasculharem o lugar, a expedição não encontrou ouro, mas fizeram uma descrição minuciosa do lugar e um mapa razoável da região. Em 1838, o Instituto Histórico do Rio de Janeiro redescobriu os manuscritos da expedição e os mapas, catalogados como: Relação histórica de uma occulta e grande povoação antiguíssima sem moradores, que se descobriu no anno de 1753, sob o nº 512, na Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, onde permanece até hoje.
O lugar foi encontrado novamente em 1839, pelo padre Benigno José de Carvalho e Cunha, no qual afirmou ter visto em uma pedra o signo do rei Salomão e figuras de guerreiros hebreus, também encontrou obeliscos, ruas, praças, jardins e um imenso Templo dentro da cidade. Isso mostra a história de um Brasil antigo muito diferente da que nós imaginávamos. Seres vindo do espaço teriam visitado o Brasil na antiguidade, no qual construíram essa estranha cidade situada na Bahia na Serra do Sincorá? Ultimamente, a cidade encontra-se no esquecimento de todos, onde muitas pesquisas poderiam estar sendo feitas para sabermos realmente quem foram os nossos antepassados.
Alguns estudiosos também acreditam que os Fenícios estiveram no Brasil, uma prova desta afirmação, são as inscrições encontradas na pedra da gávea, no Rio de Janeiro, no qual a tradução diz: “Aqui Badezir, rei de Tiro, primogênito de Jetbaal...”.
A CONSPIRAÇÃO:
Esses seres foram confundidos com Deuses, pois na antiguidade, os homens não encontraram outra explicação para seres que vinham do espaço, a não ser esta. Tudo indica que no passado, realmente existiu uma civilização muito avançada, inclusive no Brasil, no qual acreditavam em seres vindos do espaço ou eram eles, os próprios extraterrestres.
A NASA ou o governo pode conter os segredos das antigas figuras de aeronaves e astronautas, mas jamais divulgará ao público, pois como ficaria a nossa fé nos antigos Deuses?
Para saber mais:
* Filme: Sinais - "Signs". Ano: 2003 (Distribuição: Buena Vista International) Um filme de ficção muito interessante, sobre as figuras encontradas em plantações (círculos ingleses).
* Livro: Eram os Deuses Astronautas? – Erich Von Daniken (Editora Melhoramentos)
* Livro: O Universo numa Casca de Noz – Stephen Hawking - 2001 (Editora Mandarim)
* Livro: Lendas e Tradições das Américas (Arqueologia, etnologia e folclore dos povos latino-americanos) – Marcus Cláudio Acquaviva – (Editora Hemus)
Sobre o Autor:
O autor Ademir Pascale Cardoso está procurando o patrocínio de alguma editora ou empresa para publicar o seu livro “Teoria das Conspirações”, no qual essa matéria que você acabou de ler, faz parte. Com idéias revolucionárias e apaixonado pela cultural, Ademir já se tornou um ícone da internet Brasileira, criou o projeto cultural em prol da inclusão cultural “Vá ao Cinema!”, no qual em apenas 8 meses, levou mais de 700 pessoas gratuitamente ao cinema. Caso você tenha interesse em ser um patrocinador do Portal Cranik http://www.cranik.com ou patrocinar a publicação do seu livro “Teoria das Conspirações”, entre em contato pelo e-mail: webmaster@cranik.com site: http://www.cranik.com

Nenhum comentário: